O Guia Definitivo do Estatuto da Flórida § 499.03 – Online Sunshine

O Guia Definitivo do Estatuto da Flórida § 499.03 – Online Sunshine

Sites de drogas on-line agora podem ser encontrados em praticamente qualquer tipo de estado ou país que tenha linhas telefônicas. Alguns acham que novas leis certamente serão necessárias para melhorar essa circunstância. "Atualmente, não há nada a exigir que um site de distribuição de medicamentos revele qualquer coisa ao público em geral", afirma o deputado Ron Klink (D-PA), que está patrocinando as regulamentações das farmácias.

Agentes específicos do setor farmacêutico se opõem à legislação ou poderes adicionais para as empresas governamentais na medida em que as leis existentes são adequadas para resolver o problema. "Já existem (controles) para controlar as vendas de produtos farmacêuticos", afirma Mary Ann Wagner, vice-presidente de Assuntos Regulatórios de Farmácia da National Association of Chain Medication Shop.

No momento, os reguladores entraram no que Shuren, da FDA, chama de "um jogo totalmente novo" que atravessa os territórios limitados de vários órgãos governamentais e também estaduais. Os conselhos médicos estaduais gerenciam o método clínico, enquanto os conselhos estaduais de farmácia supervisionam o método da farmácia. A FDA, bem como a Comissão Federal de Profissões, garantem que os fornecedores de medicamentos façam reivindicações legais para seus produtos.

O Serviço de Alfândega e os Correios dos Estados Unidos implementam regulamentos relativos à entrega de medicamentos. FDA regula a segurança, eficiência e produção de medicamentos, juntamente com uma parte do procedimento sugerido. "É uma ofensa da Lei de Alimentos, Medicamentos e Estética oferecer um medicamento de prescrição sem receita legítima", diz Shuren.

Se um estado fechar com sucesso um site ilegal dentro de suas fronteiras, teoricamente o site ainda terá 49 outros locais em potencial para comercializar. No entanto, se o governo federal fechar um site proibido na Internet, esse procedimento se esgotará. Em julho passado, a FDA revelou que estava assinando pressões com agências reguladoras estaduais, bem como equipes de aplicação da lei, para combater as vendas residenciais ilegais de medicamentos prescritos.

Embora a regulamentação das vendas pela Internet de itens de saúde ainda seja bastante nova, a FDA agiu com sucesso no passado contra sites ilegais. Por exemplo, uma empresa da Califórnia chamada Lei-Home Gain Access to Care em 1996 e 1997 utilizou a internet para vender um conjunto de casa comercializado como um teste de sangue para a infecção de ajuda.

O truque inteligente das drogas Rx sem receita médica – Youtube que ninguém está falando

Após um exame considerável da FDA, o site foi fechado, e seu motorista, Lawrence Greene, foi punido com kamagra preço online mais de 5 anos atrás das grades. Em julho passado, a Federal Trade Commission anunciou um programa chamado "Procedure Cure. All", que visa acabar com casos falsos da web para itens e também terapias anunciadas como curas para várias condições.

"Os consumidores atualmente gastam milhões em produtos não verificados e comercializados furtivamente na internet." Como parte do programa, quatro empresas liquidaram os custos da FTC de reivindicações de seguro de bem-estar enganosas. Estes consistiam em sites que alegavam curar artrite com uma gordura proveniente de sebo bovino, tratar células cancerígenas e AIDS com um subproduto da planta peruana, bem como tratar câncer e hipertensão com ferramentas magnéticas.

Além disso, assumiu suas próprias atividades regulatórias, como o envio de cartas de alerta para ajudar a garantir que declarações falsas e enganosas sejam eliminadas da internet. Mais de um monte de estados também tomaram algum tipo de ação contra farmácias online, incluindo Kansas, que em 2015 restringiu muitas drogarias de operar negócios proibidos na internet no estado.